Páginas

sábado, 17 de setembro de 2016

Um mar

Dois mundos diferentes, dois corações
um único sentimento , uma saudade.
O confuso se consome, o sonho
se espalha, ao se imaginarem
se perdem.
O tempo passa, as lembranças
continuam, mas, é diferente
a dor não existe mais
ela é amiga, me acomoda em seu mundo. 
"... ventos de abril se foram,
ganhei o sol de novembro..." 

Um comentário:

Gugu Keller disse...

O viver nu dança na mudança.
GK